Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Escola pública fundada por Shakira é eleita a melhor da Colômbia

Fazendo o bem: prestes a desembarcar no Brasil para lançar o seu novo perfume, na próxima terça-feira (06), Shakira comemora um feito grandioso. Parte de sua ONG, a Fundación Pies Descalzos, a escola pública que a cantora fundou em Barranquilla, na Colômbia foi eleita a número 1 do país.

O ranking que elegeu o colégio como o melhor foi baseado no estudo feito pela Fundação Alberto Merani, que avaliou instituições públicas e privadas de 2011 a 2015.
Shakira é conhecida por usar sua fama e fortuna para fazer o bem (Foto: Getty Images)
No Instagram, a cantora comemorou a notícia com muita alegria. “Estou no meio de uma gravação, mas acabo de ficar sabendo de uma novidade incrível – precisei fazer uma pausa para celebrar”, declarou Shakira. “Todos os anos a Colômbia divulga uma lista onde ela elege as melhores escolas públicas e privadas de acordo com os testes Saber. E adivinha quem lidera o ranking este ano? A Fundación Pies Descalzos em Barranquila! Envio a todos os estudantes um grande beijo. Amo vocês”.

A Fundación Pies Descalzos foi criada por Shakira em 1997, e tem como objetivo oferecer educação grátis e de qualidade para crianças e adolescentes de regiões carentes da Colômbia. Desde sua fundação, já foram construídas três escolas – em Barranquilla, Cartagena e Quibdó -, e mais de 67 mil jovens foram beneficiados.

Fonte: http://blogs.portalnoar.com/

Exército brasileiro encomenda 1.580 tanques da Iveco até 2035


Veículo leva até 11 pessoas, tem diferentes armas e é fabricado na unidade de Sete Lagoas

O Exército brasileiro encomendou 1.580 tanques Guarani para a Iveco, que devem ser entregues até 2035. O Guarani é blindado, anfíbio e tem tração 6x6. O valor da transação é de R$ 5,9 bilhões. O contrato, conforme o Exército declarou à reportagem, foi assinado no último dia 22 de novembro.
Cuidado. Linha de produção do Guarani é quase artesanal, com pinturas à mão e vários testes; a montagem de um veículo dura 90 dias
O veículo substituiu o Urutu, modelo que ainda é usado atualmente. O motor é importado da Argentina e montado na fábrica da Iveco em Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais. A potência do blindado é de 383 cavalos, equivalente à de seis carros de passeio, o que faz o veículo ser capaz de subir rampas muito inclinadas. Os combustíveis são o diesel e o querosene de aviões.

O Viatura Blindada Multitarefa Leve sobre Rodas (VBTP-MR) Guarani pode transportar até 11 pessoas e tem peso bruto de 18 toneladas. O veículo, que conta ainda com transmissão automática e capacidade anfíbia, pode ser transportado, por exemplo, pela aeronave KC-390, da Embraer.
São cerca de 9.000 peças, boa parte delas montada à mão, de forma quase artesanal, o que faz com que o processo de produção leve, em média, três meses para uma única unidade. O blindado, dotado de tecnologia de ponta, inclui itens como sistema automático de detecção e extinção de incêndio com oito extintores, capacidade de operação noturna de série, posicionamento global por satélite (GPS), ar-condicionado e elevada proteção balística e antiminas.
Procurada pela reportagem, a Iveco informou que não vai falar sobre o assunto. A relação da montadora com as Forças Armadas não é recente. A parceria, conforme a Iveco Veículos de Segurança informa em seu site, começou em 2008. A primeira unidade foi entregue em 2012, e a centésima foi liberada em 2014. Até maio de 2015, já haviam sido produzidas 130 unidades para o Exército.

Histórico. A fábrica de veículos de defesa da Iveco foi inaugurada em junho de 2013, consumiu cerca de R$ 100 milhões em investimentos e tinha como objetivo montar o Guarani para o Exército, com potencial de disputar mercados de Forças Armadas de outros países.

Em 2007, a Iveco venceu a licitação para fornecer, até 2030, os blindados ao Exército brasileiro. No entanto, nem os militares, nem a Iveco informaram se esse contrato assinado em 22 de novembro é a continuação dessa licitação de nove anos atrás, um adendo ou um novo acordo. Também não há dados recentes de quantos blindados foram entregues até agora..



CONTRATO
Outro acordo já estaria em curso
O Exército brasileiro também teria selecionado a Iveco para fornecer outro blindado, o Light Multirole Vehicle (LMV). Segundo informações do site forte.jor.br, a empresa teria vencido o programa Viatura Blindada Multitarefa Leve sobre Rodas (VBMT-LR). A informação é atribuída ao Escritório Projetos do Exército (EPEX), e o fato teria ocorrido em abril deste ano.

O Exército deve entrar em contato com a Iveco em breve para a assinatura de um contrato que contemplará 32 veículos iniciais em configurações multifunção. O LMV teria concorrido, segundo informações do site, com o Avibras Tupi, uma versão local do Sherpa, da Renault Trucks. (Da redação)


Fonte: O Tempo

HOJE É DIA DE APROVEITAR AS OFERTAS DE FRUTAS E VERDURAS NO SUPERMERCADO QUERO +

Já pensou onde encontrar frutas e verduras fresquinhas? Temos o que você procura. Vem pro Quero Mais!!!

FILHO DE BENITO DI PAULA MANDA UM ABRAÇO PARA OS LEITORES DO BLOG. CONFIRA O VÍDEO

Quando dezembro chega, começa a contagem regressiva para o Natal, uma data muito especial, e foi pensando nisso que preparei para os leitores do Blog do Robson Freitas vídeos exclusivos, que tenho certeza que irão amar.

No decorrer deste mês de dezembro O Blog vai publicar diariamente vídeos de mensagens de saudação, mensagens natalinas e de Feliz Ano Novo direcionadas aos tangaraenses, em especial aos leitores do Blog do Robson Freitas.

Já faz algum tempo que estou preparando esse material com o objetivo de publicar matérias diferenciadas, exclusivas que trazem mensagens de artistas famosos, personalidades religiosas, políticos e conterrâneos tangaraenses. Nas mensagens os leitores poderão conferir os depoimentos de grandes nomes da nossa música, artistas que tive o privilégio de conhecer de perto e assim gravar todas estas mensagens.
               
Estou iniciando o quadro " Robson Freitas e Convidados " com Rodrigo Vellozo, artista super talentoso que começou a cantar muito jovem. Filho de Benito di Paula - um dos maiores ícones da música popular brasileira.
Rodrigo é formado em Piano Erudito pelo Conservatório Brasileiro de Música (RJ), onde adquiriu grande paixão por Jazz, Blues e Música Clássica. 

Essas mensagens foram gravadas em diversos momentos, a mensagem que estou publicando hoje de Rodrigo Vellozo foi gravada no dia do show de Benito di Paula no Teatro Riachuelo em Natal RN.   

Seu bolso: deputados viajam ao exterior a cada 2 dias

Folha de S.Paulo – Ranier Bragon e Débora Álvares

A Câmara dos Deputados bancou, com passagens aéreas e diárias, 1.283 viagens de deputados federais ao exterior desde 2010, em uma média de uma decolagem a cada dois dias.

Levantamento da Folha em dados oficiais da Casa e em relatórios apresentados pelos parlamentares mostra um variado leque de motivações, destinos e explicações para as chamadas missões oficiais, que chegaram a 69 países dos cinco continentes, com especial predileção por Estados Unidos, Suíça e França.

O grosso das justificativas defende o conhecimento in loco de realidades diversas, além do estreitamento de parcerias com governos, parlamentos e empresários de outros países –o que não raro inclui turismo ou atividades de duvidoso proveito legislativo.

Nelson Pellegrino (PT-BA), por exemplo, é um dos que mais receberam autorizações, 14 no total, para viagens ao exterior desde 2010.

Quatro delas para a França, onde participou de encontros da área de defesa em Paris, Bordeaux, Cherbourg-Octeville, Lorient e Toulon.

A última, em outubro deste ano, foi para visitar o Salão do Chocolate de Paris, ocasião em que publicou em redes sociais fotos do evento, entre elas a de um gorila de chocolate gigante.
Por Anna Ruth

Internado, lateral da Chape melhora e pede até churrasco

Dos quatro brasileiros que sobreviveram à queda do avião da LaMia e continuam internados em Medellín, o zagueiro Neto é o que inspira maiores cuidados, segundo os médicos, que divulgaram novo boletim neste domingo para informar sobre o estado de saúde dos jogadores da Chapecoense.

O zagueiro é o único que continua entubado. Neto, que foi o último a ser resgatado do acidente com vida, está com pneumonia e ainda depende de ventilação mecânica para respirar. E deve permanecer assim por até 48 horas.

Já o lateral Alan Ruschel evoluiu bem e até brinca com os médicos da UTI: pediu até um churrasco — ele disse que estava com vontade de comer carne. Ruschel conversa bastante com os médicos, falou com familiares que estão em Medellín e foi comunicado do que aconteceu.

O goleiro Jackson Follmann, que teve a perna direita amputada, continua mostrando evolução segundo os médicos, que já descartaram amputar a outra perna do jogador. Follman, que pode sair da UTI nesta semana, sofreu uma lesão na coluna e terá de passar por uma cirurgia devido a uma fratura na segunda vértebra. Dependendo da evolução, a cirurgia na coluna pode até ser feita no Brasil.

VEJA

Decreto vai autorizar a doação de armas apreendidas às polícias

O governo federal vai editar um decreto para liberar a doação de armas pesadas apreendidas no país para as polícias. A intenção é garantir que fuzis e metralhadoras retirados da clandestinidade possam ser usados pelos órgãos de Segurança. Hoje, em virtude de regulamentação do Estatuto do Desarmamento, as armas irregulares são destruídas pelo Exército, mesmo que estejam em condições adequadas de funcionamento. Embora o propósito seja equipar as corporações evitando gastos em momento de crise econômica, a mudança é controversa dentro e fora do governo.

De autoria do Ministério da Justiça, o texto da proposta passou por várias negociações até ser endossado pelo chefe da Defesa, ministro Raul Jungmann, que o encaminhará à Presidência da República nos próximos dias. Ex-presidente da Frente Parlamentar do Controle de Armas na Câmara e um dos congressistas mais atuantes em prol do Estatuto do Desarmamento e contra a doação dos objetos apreendidos para as polícias, Jungmann diz que os riscos da medida foram atenuados com alterações na redação do decreto, para restringir o rol de armas passíveis de serem doadas.

— As armas que serão efetivamente repassadas para as polícias serão armas pesadas, o que reduz o risco, porque você não vai estar rompendo o padrão (das armas adotadas pela polícia), e essas armas são em um número menor, o que permite o controle e a perícia delas. As armas pequenas ficariam de fora. Por aí, acho que não tem maiores riscos — disse Jungmann ao GLOBO.

O Globo/Blog do BG

CPRE realiza mais de 600 testes de alcoolemia na madrugada deste domingo durante o Carnatal

A Operação Zero Álcool ocorreu simultaneamente a Operação Lei Seca do DETRAN

Policiais do 1º Distrito do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (1º DPRE/CPRE) realizaram na madrugada deste domingo (4) mais uma edição da “Operação Zero Álcool” na área do Carnatal, na capital potiguar. Desta vez, a barreira foi montada na Avenida Prudente de Morais, próximo a uma faculdade.

Ao todo foram realizados 612 testes de alcoolemia, o que resultou na condução de três motoristasà Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal por estarem dirigindo seus veículos com o nível de álcool acima do permitido e terem se submetido ao exame do etilômetro.

A operação também autuou cinco motoristas administrativamente, registrou três recusas ao exame de alcoolemiae confeccionou quatro autos de infração contra pessoas que foram flagradascom veículos sem serem habilitadas.

A Operação Zero Álcool ocorreu simultaneamente a Operação Lei Seca do DETRAN que realizou duas barreiras, ambas na Avenida São José.
Fonte: Portal no Ar

Elize Matsunaga é condenada a 20 anos de prisão pela morte do marido

Ela poderá pedir regressão de pena por ser ré primária, não reincidente, ter bom comportamento na prisão e realizar atividade laboral
Elize Matsunaga foi condenada a 19 anos, 11 meses e um dia por homicídio qualificado e ocultação e destruição de cadáver contra o marido, Marcos Matsunaga, em maio de 2012.

A defesa de Elize Matsunaga estima que ela possa ter direito à progressão de pena em, no máximo, dois anos a partir da sentença que recebeu na madrugada desta segunda-feira (5).

Segundo publicado pelo UOL, por ser ré primária, não reincidente, ter bom comportamento na prisão e realizar atividade laboral na penitenciária desde 2012, a bacharel em direito terá o direito de aderir ao regime semiaberto.

Pela lei de crimes hediondos, Elize tem direito à progressão de regime com o cumprimento de dois quintos da pena, que, neste caso, fica em torno de oito anos de prisão. Como ela está detida desde junho de 2012, restariam três anos e meio para solicitar o benefício, fora o desconto de pena pelos dias trabalhados na prisão.

"Estimamos que ela tenha um ano e meio de pena a ser remida porque trabalha na penitenciária desde que foi para lá", explicou Luciano Santoro, o advogado de Elize.
Fonte: Notícias ao Minuto

Ministério da Educação quer lançar consulta pública sobre mudanças no Enem

Segundo ministro Mendonça Filho, governo pode discutir mudanças como aplicação da prova em um único diaMarcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que estuda lançar uma consulta pública sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo ele, o objetivo é receber sugestões para melhorar a aplicação do exame, cuja segunda aplicação ocorreu neste fim de semana. O governo pretende elaborar as questões ainda este mês e publicar as linhas gerais do debate em janeiro de 2017.

De acordo com o ministro, ainda não é possível prever que mudanças serão efetivamente discutidas. Ele, no entanto, não descartou que a sociedade seja consultada sobre, por exemplo, a possibilidade de o Enem ocorrer apenas em um dia.

“Não temos ainda quadro de perguntas que podem ser feitas, que podem nortear o caminho a ser discutido.A temática não pode ser tão abrangente que termine virando algo difícil de coletar por aqueles que participam do Enem”, ponderou.

Mendonça Filho explicou que a intenção é promover um debate de forma democrática para que futuras decisões não sejam criticadas como tomadas “entre quatro paredes”. “A Base Nacional Comum Curricular será algo levado em conta não em 2017 porque ela não estará pronta, mas desejamos que o Enem de 2018 possa ter conteúdo conectado inteiramente com a base que, espero, será homologada no próximo ano”, disse o ministro.

Neste fim de semana, mais de 270 mil candidatos foram convocados para o exame, após o adiamento de parte da aplicação devido aos mais de 400 locais de prova que estavam ocupados em novembro, quando 5,8 milhões de inscritos fizeram o Enem. O alto índice de abstenções, não somente em 2016, mas em outras edições, foi mencionado por Mendonça Filho como um dos temas que pode ser abordado na consulta.

“Não quero antecipar nenhuma decisão em relação a 2017. [A consulta] será aberta em janeiro para que todos que queiram colaborar e sugerir aprimoramento, possam fazê-lo, para que o Enem próximo ano seja melhor que 2016”, afirmou.

Fraudes em anos anteriores

De acordo com a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, o órgão está repassando a diferentes universidades os nomes de 16 estudantes que fraudaram as provas em edições anteriores. Um aluno de medicina, cujo nome não foi divulgado, deve ser expulso da sua faculdade por ter se beneficiado de fraudes para ser admitido no Sistema de Seleção Unificada.

Sobre os R$ 10,5 milhões gastos com a aplicação deste fim de semana, o ministro afirmou que os dados serão encaminhados à Advocacia-Geral da União (AGU) caso o governo decida processar movimentos ou pessoas que participaram das ocupações.

Os gabaritos das provas serão divulgados na quarta-feira (7) na página do participante e por meio do aplicativo Enem 2016. Os resultados estarão disponíveis para todos os candidatos em 19 de janeiro.
Da Agência Brasil

Veja como foi a última noite de Carnatal

O Blog mostra aqui, com vídeos das atrações, um resumo da última noite de Carnatal.

O primeiro bloco a passar no corredor da folia foi o Coruja, puxado por Ivete Sangalo.
A noite seguiu com Wesley Safadão puxando o Vai Safadão.
                                    
Depois entrou Xandy, com sua Harmonia do Samba, puxando o bloco Meu e Seu.
                                 
Para encerrar, Ricardo Chaves, que há 25 anos puxa o Bicho, com a mesma animação de um quarto de século atrás.
É o Bicho!
                                
Terminados os desfiles dos blocos, a festa continuou no camarote Skol, com o show de Bell Marques.
                                

Por Thaisa Galvão

Na reportagem mostrando a chegada das vítimas às suas cidades, Fantástico não citou despedidas de Gil em Nova Cruz

O Fantástico mostrou ontem as cerimônias de despedida das vítimas do voo da Lamia que matou quase todo o time da Chapecoense, entre eles o meio-campista potiguar, Gil.

Mas para o Fantástico, as cerimônias aconteceram em Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Esqueceu o Rio Grande do Norte onde uma multidão estimada em 10 mil pessoas se despediu de Gil, no município de Nova Cruz.

O corpo de Gil chegou no aeroporto de São Gonçalo antes das 14 horas, e a Nova Cruz já passando das 16.

Primeiro foi velado pela família, depois pelos moradores da cidade que viam nele seu maior ídolo.

Por volta das 19h o corpo foi levado para um carro do Corpo de Bombeiros para ser transportado em cortejo fúnebre até o cemitério.
Fonte: Thaisa Galvão

Brasileiro só vai recuperar padrão de compras daqui a quatro anos

Economia deve iniciar recuperação em 2017, mas impacto da recessão no consumo será mais longo

SÃO PAULO - Depois de dois anos de queda do Produto Interno Bruto (PIB), em meio à maior recessão da história recente do país, a atividade econômica no país só deve começar a mostrar alguma recuperação a partir do ano que vem. Mas o resgate do padrão de consumo que o brasileiro tinha em 2014 será mais lento e desigual entre as diferentes categorias de bens e serviços e deve ocorrer somente a partir de 2020, de acordo com as projeções de economistas.

— É um ciclo econômico natural e um processo longo de recuperação até que se reverta em ampliação do consumo. O consumo das famílias só volta ao patamar pré-crise em 2020, mas com mais certeza em 2021 — avaliou Rafael Bacciotti, economista da Tendências Consultoria.

Carro-chefe dos últimos anos de crescimento da economia, o consumo perdeu fôlego com a maior seletividade dos bancos na concessão de crédito e com o aumento do desemprego. E o resultado mais visível dessa deterioração foi a queda nas vendas de bens e serviços. Segundo especialistas, o consumo de bens considerados prioritários, como itens de supermercado que foram colocados de lado, deve se recuperar até 2018. Já os produtos de maior valor vão demorar mais para voltar aos níveis mais elevados de demanda. Há segmentos, como o de automóveis, em que se espera que isso só ocorra em 2025, já que o consumidor precisará de crédito e da confiança de que não perderá o emprego para assumir financiamentos.

CESTA DE CONSUMO MENOR

O PIB brasileiro atingiu valor recorde em 2014, mesmo ano em que o consumo das famílias também foi histórico, totalizando R$ 3,989 trilhões. De lá para cá, corrigido pela inflação, esse número só diminuiu e regressará àquele patamar em 2020, segundo cálculos de Rodolfo Margato, economista do Banco Santander.

— O cenário ainda é desafiador para o consumo das famílias. Será uma melhora bastante gradual. Em 2017, esse componente deve apresentar, no máximo, um leve crescimento. Isso porque é um dado que depende muito do mercado de trabalho, e o que vimos nos últimos anos foi uma destruição de vagas no mercado formal. A taxa de desemprego vai subir até o segundo trimestre do ano que vem — avaliou Margato.

Sem emprego, a renda das famílias cai, o que dificulta novas aquisições. Aliado a isso, temendo o aumento da inadimplência, os bancos ficam mais restritivos em conceder empréstimos. Cenário que fez com que o consumidor fosse tirando produtos do carrinho de compras e adiasse a aquisição de bens de maior valor.

Das cestas de produtos acompanhados pela consultoria Kantar Worldpanel, o melhor ano em número de unidades consumidas foi 2014, mas declinou desde então. E os itens com maiores perdas, segundo Christine Pereira, diretora de negócios da Kantar, foram os de maior valor, como ceras para assoalho e cremes — ou seja, foram postos de lado itens não essenciais à manutenção da casa.

— Veremos alguma recuperação em 2017. E os itens básicos são os primeiros que respondem em um processo de aquecimento da economia. Mas a volta ao que foi em 2014, será possível só em 2018 — disse Christine.

E as vendas de produtos que dependem mais de crédito, como eletroeletrônicos e veículos, naturalmente levarão mais tempo para se recuperar. Não só devido ao crédito escasso, mas também porque o consumidor terá de retomar a confiança, recuperar o emprego e superar o temor do desemprego, o que está longe de acontecer. O índice de confiança do consumidor medido pela FGV está abaixo dos 80 pontos. Nos bons tempo do otimismo no Brasil, em 2012, passava dos 120 pontos.
Fonte: O Globo

Noiva que seguia para casamento morre em queda de helicóptero em SP

O helicóptero que caiu na tarde deste domingo em São Lourenço da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo, levava uma noiva ao seu casamento. Ela acabou morrendo no acidente junto com o irmão, uma fotógrafa que estava grávida e o piloto da aeronave, segundo informações publicados pelo jornal O Estado de S. Paulo.

O helicóptero seguia para o Sítio Recanto Beija-Flor, em São Lourenço, onde ocorreria o casamento, e caiu por volta das 16h, horário em que estava agendado o início da celebração.

De acordo com Carlos Eduardo Baptista, dono do sítio, a noiva pretendia fazer uma surpresa para o noivo ao chegar de helicóptero. “Ela e o irmão estavam muito animados, queriam que fosse uma surpresa para todos.” Ainda segundo Baptista, a festa de casamento tinha cerca de 300 convidados e todos já esperavam pela noiva para o início da cerimônia.

“Trabalho com festas há mais de 30 anos e, quando as noivas decidem vir de helicóptero, são comuns alguns imprevistos como atrasos ou cancelamentos por causa do tempo. Mas, dessa vez, como atrasaram e ninguém da empresa me avisou, eu fiquei desesperado e liguei para a polícia, para os bombeiros”, contou.

O acidente ocorreu a cerca de 2 quilômetros do local do casamento, disse o dono do sítio. “A família está sem chão. Todos esperavam um dia de alegria e se transformou numa tragédia”, disse.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Ivete, Safadão e três voltas de alegria: Carnatal 2016 encerra neste domingo

Do G1 RN
Musa baiana abre festa no corredor da folia com o Coruja, às 17h30.
Safadão agita domingo, que ainda tem Harmonia e encerramento do Bicho.
Ivete Sangalo abre a última noite do Carnatal 2016 (Foto: Alexandre Lago/Gshow)

A noite de encerramento do Carnatal 2016 terá quatro blocos no corredor da folia e a batida do forró elétrico na Arena. Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Harmonia do Samba e Ricardo Chaves são as atrações que prometem animar o corredor da folia. Na Arena Carnatal, a festa será comandada pela banda potiguar Cavaleiros neste domingo (6), em Natal.

Quem abre o último dia de Carnatal é a musa Ivete Sangalo com o bloco Coruja, ao entrar na avenida às 17h30. Em seguida, o fenômeno Wesley Safadão promete agitar o corredor da folia com o bloco Vai Safadão.
Wesley Safadão traz os sucessos do forró no bloco Vai Sfadão para o Carnatal 2016 (Foto: Divulgação)

Às 19h, o bloco Meu e Seu entra no corredor sob o comando da banda Harmonia do Samba, que promete cumprir um "repertório das antigas", com os grandes sucessos que marcaram o grupo baiano com muita swuingueira. O último bloco da noite é o Bicho, que entra no corredor às 20h e tem como líder o cantor Ricardo Chaves, que promete dar três voltas no corredor da folia.

O último show do Carnatal será da banda potiguar Cavaleiros do Forró, na Arena Carnatal. O início está previsto para 23h30.

Ordem dos blocos
17h30 (horário de Natal) - Bloco Coruja, com Ivete Sangalo
18h (horário de Natal) - Bloco Vai Safadão, com Wesley Safadão
19h (horário de Natal) - Bloco Meu e Seu, com Harmonia do Samba
20h (horário de Natal) - Bloco Bicho, com Ricardo Chaves
23h30 (horário de Natal) - Arena Carnatal (Palco), com Cavaleiros do Forró
Confira o mapa do Carnatal 2016 (Foto: Divulgação)

'Única forma que encontrei foi cortá-lo', confessa Elize sobre morte de Marcos Matsunaga

Ao encarar o juiz, Elize Matsunaga mantém os ombros levemente arqueados para frente. Em interrogatório que promete se estender por horas, ela conta aos jurados sua versão sobre o assassinato e esquartejamento do marido, o empresário Marcos Kitano Matsunaga, em 2012. "A única forma que eu encontrei foi cortá-lo, infelizmente."

O depoimento da acusada ocorre neste domingo, 4, no Fórum Criminal da Barra Funda, zona oeste de São Paulo. Na parte da manhã, ela respondeu os questionamentos do juiz Adilson Paukoski e se negou a responder as perguntas da acusação. O julgamento segue na parte da tarde.

Elize mantém a voz firme quando fala sobre o disparo que atingiu o lado esquerdo do crânio de Marcos e o esquartejamento, realizado com uma faca de carne no quarto de hóspedes do apartamento, segundo ela. Mas chora ao falar do passado como garota de programa, da filha e dos xingamentos do marido. Ao mencionar uma passagem da qual diz se arrepender, ela completa a frase com "infelizmente".

A defesa tenta mostrar que o crime é passional e aconteceu em um momento de forte emoção. Segundo Elize, os dois se conheceram por meio de um site de acompanhantes no fim de 2004. Marcos pagava para sair com ela de duas as três vezes por semana.

"Ele era muito gentil, um cavalheiro. Com o tempo, nós começamos a conversar e descobrimos afinidades. Não era o homem que conviveu comigo nos últimos seis meses antes dos fatos", declarou a ré. Elize retirou as fotos da internet, após o empresário assumir as despesas dela e pagar o curso de Direito. Os dois se casaram em 2009, mas já moravam juntos desde dois anos antes.

Ao responder ao juiz Paukoski, Elize diz que chegou a procurar advogados para se divorciar de Marcos, mas nunca deu início ao processo. Uma das vezes, conta, foi quando descobriu uma traição do marido com uma funcionária da Yoki, em 2010. Na mesma época, descobriu que estava grávida de Helena, hoje com cinco anos.

"Eu queria que minha filha tivesse uma história diferente da minha. Eu cresci sem o meu pai, não queria que ela crescesse sem o dela", afirmou Elize. O pai de Helena morreu no dia 19 de maio de 2012, no apartamento onde morava, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. No momento do crime, só o casal e a filha estavam em casa, segundo a ré.

Elize havia retornado de uma viagem de três dias a Chopenzinho - cidade do interior do Paraná, onde nasceu - junto com a filha e a babá. "Fui ver minha vó. Queria mostrar Helena, que ela não conhecia", disse. Um detetive, contratado por ela, filmou uma traição de Marcos no primeiro dia da viagem. Por telefone, Elize era informada em tempo real sobre os movimentos do marido.

Marcos foi buscá-las no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Todos foram ao apartamento. Após a saída da babá, o casal pediu uma pizza que o empresário foi buscar na portaria. Na volta, ele seria morto por Elize.

Na versão da ré, não houve emboscada. O casal chegou a sentar à mesa, mas iniciaram uma discussão. Marcos teria dito que ia para a casa do pai. Elize desconfiava que ele voltaria a se encontrar com a amante. "Eu não aguentei, disse para ele parar de mentir", afirmou. "Eu contei que tinha contratado um detetive e sabia de tudo."

Segundo Elize, o empresário esbravejou. "Como você tem coragem de fazer isso com o meu dinheiro?", teria dito. "Ele me chamou de vaca, vagabunda e deu um tapa no rosto", afirmou.

Elize conta que os dois estavam de pé na hora da discussão. Após o tapa, ela foi para a sala de estar, apanhar sua pistola .380, que havia sido presente de Marcos. "Quando olhei a arma na minha mão, me arrependi. Fui para cozinha para ele não me ver."

Marcos teria ido atrás dela. "Ele ficou surpreso e começou a rir", contou. "Falou que eu era uma puta, falou para eu ir embora com a minha família e deixar a filha dele lá", afirmou. "Eu não raciocinei. Eu poderia ter feito inúmeras coisas. Poderia ter feito um milhão de coisas. Eu não estava normal naquela hora."

Praticante de tiro, Elize disparou a arma e acertou o marido na cabeça. "Eu queria que ele calasse. Queria que tudo aquilo acabasse", disse. "Eu não optei pelo tiro. Aconteceu."

Segundo afirma, a ré ficou desesperada. Chegou a pegar o telefone para ligar para a polícia, mas desistiu. "Eu ia ser presa. Iam levar minha filha para um abrigo." Elize conta que arrastou o corpo de Marcos pelos braços, por cerca de 15 metros, até o quarto de hóspedes. Depois limpou o rastro de sangue com um pano e produto de limpeza.

O esquartejamento só começou no dia seguinte, entre 5h30 e 6h, após a chegada da babá. "Queria esconder ele", justificou. Ela relata que começou pelos joelhos, porque sabia que "só tinha articulação". Depois os braços, o tronco e, por fim, a cabeça. Pôs as partes em sacos de lixo e os sacos em três malas.

Inicialmente, contou à família da vítima que Marcos estava desaparecido. "Eu não tinha como falar pra minha sogra: 'Desculpa, atirei no seu filho'."

"Eu não queria matar o Marcos, não fiz por crueldade", disse Elize, quando questionada se gostaria de se defender. "Queria pedir desculpa a todas as pessoas que machuquei por esse ato infeliz", afirmou. "Se eu tiver mentindo, quero que Deus me castigue da pior forma possível."

POR FELIPE RESK/AGÊNCIA ESTADO /Novo Jornal 
FOTOS: REPRODUÇÃO/INTERNET 

Sob aplausos, população dá adeus ao volante Gil em Nova Cruz, no RN

Velório e homenagens acontecem no ginásio Giovanna de Azevedo Targino. 

Segundo a PM, mais de três mil pessoas prestaram condolências

O corpo do volante potiguar Gil, um dos 71 mortos no trágico acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, que aconteceu na madrugada da última terça-feira (29), a caminho de Medellín, na Colômbia, chegou a Nova Cruz por volta das 17h deste domingo. A cidade fica a 93 Km de Natal, conta com 40 mil habitantes e é a terra dos pais e de parte da família do ex-jogador (veja o vídeo do G1 acima). Sob sol forte, milhares de pessoas se reuniram no ginásio Giovanna de Azevedo Targino, para se despedir do jogador. José Gildeixon Clemente de Paiva tinha 29 anos e deixa mulher e duas filhas, de cinco e três anos.

A morte do volante é sentida por toda cidade. Moradores penduraram lenços pretos nas casas em sinal de luto, e muitos carregavam fotos do jogador. No corpo de Geraldo Madureira, irmão de Gil e ex-jogador, a camisa do Chapecoense é exibida com orgulho: "Eu estou para ver um homem igual a ele, não existe. Ele é um exemplo, só fica a saudade", conta. Geraldo se emociona ao falar dos pais, de como receberam a notícia. "A maior dor da minha mãe foi não ter falado com ele a última vez que ligou, não ter dado a benção ao meu irmão, ele está inconsolável", se emociona.
Velório de Gil reuniu mais de três mil pessoas no ginásio de Nova Cruz, no RN (Foto: Fred Carvalho/G1)
O corpo do volante, que atuou entre outros clubes por Mogi Mirim, Ponte Preta e Coritiba, chegou ao estado às 13h30 em um voo de carreira. Ao chegar em Nova Cruz, o corpo seguiu para a casa dos pais do volante, conhecidos na cidade como Dona Nina e Seu Geraldo. O cortejo percorreu ruas da cidade, com muitos carros, motos e acompanhantes a pé. Ao chegar ao ginásio, foi recebido com uma salva de palmas. Segundo a Polícia Militar, três mil pessoas estiveram presentes. Entre elas, o Sr. Fernandes, que esperava desde 12h para dar o último adeus ao amigo de infância do filho. "Ele e meu filho jogaram juntos, ele sempre foi muito querido, vim me despedir", diz Fernandes. Também prestaram homenagens Robinho e Rafinha, ex-companheiros de Gil na época do Coritiba.Os meias Robinho e Rafinha, do Cruzeiro, criaram fortes laços de amizade com o volante Gil durante a carreira. Robinho e Gil jogaram quatro anos juntos, e por dois anos dividiram o mesmo quarto na época do Mogi Mirim. "Gil me ensinou a ser um homem melhor, um amigo melhor, um pai melhor. Aprendi muitas coisas com ele e vou levar para o resto da vida. Sempre foi um cara muito humilde", declarou.

Rafinha também se emocionou ao falar sobre Gil. "Foi o melhor amigo que fiz no futebol. Em toda a minha carreira nunca conheci uma pessoa igual ao Gil. Éramos parceiros de quarto, concentrávamos juntos (no Coritiba), e costumava falar que ficava mais com ele do que com a própria esposa. Era um cara fantástico".
Carro com o corpo de Gil foi recebido sob forte comoção em Nova Cruz (Foto: Fred Carvalho/G1)
O meia Thiaguinho jogou com Gil na época do Mogi Mirim e lamenta a perda do amigo e recorda os ensinamentos adquiridos durante o período em que estiveram juntos no interior de São Paulo. "Um cara muito humilde, nunca vi no meio do futebol um cara com tamanha humildade, sempre pensando no próximo, sempre querendo ajudar. Todo mundo gostava dele. Sempre falava de Nova Cruz, respeitava a famílias e os amigos".

Ao longo da tarde, torcedores, amigos e fãs chegaram em romaria para prestar suas homenagens. Muitos vestiam camisas do time do jogador, outros, apenas camisas verdes, o importante a lembrança. "Eu expresso o carinho que sinto pelo Gil, um pedaço de nós se foi com ele, diz o vizinho Felipe Ferreira.

José Gildeixon Clemente de Paiva tinha 29 anos e começou a carreira em 2006, no Mogi Mirim. O volante acumulou passagens pelo Guaratinguetá, Vitória, Santo André, Ponte Preta, Coritiba e estava na Chapecoense desde 2015. Conquistou dois títulos estaduais: em 2013, o Paranense pelo Coritiba; e e esse ano, o Catarinense, pela Chapecoense.
Cortejo com o corpo de Gil chegou a Nova Cruz por volta das 17h (Foto: Andrea Tavares/G1)
Do G1 RN

FILHO DE BENITO DI PAULA MANDA UM ABRAÇO PARA OS LEITORES DO BLOG. CONFIRA O VÍDEO

Quando dezembro chega, começa a contagem regressiva para o Natal, uma data muito especial, e foi pensando nisso que preparei para os leitores do Blog do Robson Freitas vídeos exclusivos, que tenho certeza que irão amar.

No decorrer deste mês de dezembro O Blog vai publicar diariamente vídeos de mensagens de saudação, mensagens natalinas e de Feliz Ano Novo direcionadas aos tangaraenses, em especial aos leitores do Blog do Robson Freitas.

Já faz algum tempo que estou preparando esse material com o objetivo de publicar matérias diferenciadas, exclusivas que trazem mensagens de artistas famosos, personalidades religiosas, políticos e conterrâneos tangaraenses. Nas mensagens os leitores poderão conferir os depoimentos de grandes nomes da nossa música, artistas que tive o privilégio de conhecer de perto e assim gravar todas estas mensagens.
Estou iniciando o quadro " Robson Freitas e Convidados " com Rodrigo Vellozo, artista super talentoso que começou a cantar muito jovem. Filho de Benito di Paula - um dos maiores ícones da música popular brasileira.
Rodrigo é formado em Piano Erudito pelo Conservatório Brasileiro de Música (RJ), onde adquiriu grande paixão por Jazz, Blues e Música Clássica. 

Essas mensagens foram gravadas em diversos momentos, a mensagem que estou publicando hoje de Rodrigo Vellozo foi gravada no dia do show de Benito di Paula no Teatro Riachuelo em Natal RN.   

TANGARÁ SE DESPEDE DO PROFESSOR JOÃO FERNANDES DE LIMA

É com imenso pesar que Tangará se despede do professor João Fernandes, ele que teve seus serviços prestados na área da educação e da cultura do município, também deixou seu nome na história política, sendo um legitimo representante do povo, eleito vereador no Período Legislativo (2005/2008). 

João Fernandes também se dedicou durante sua vida as causas da igreja e participava ativamente de todos os movimentos religiosos da igreja católica em nossa cidade.

Vale ressaltar que foi através da iniciativa de João Fernandes que teve início o festival de quadrilhas do nosso município.

João Fernandes de Lima foi sepultado hoje pela manhã, após uma missa de corpo presente celebrada na Matriz de Santa Teresinha. 

No final da missa várias pessoas prestaram suas homenagens, o corpo de João foi ovacionado em vários momentos: ao chegar na igreja, quando saiu para ser sepultado e no momento do sepultamento. 

Na ocasião vários amigos e familiares deram seu último adeus ao professor João Fernandes de Lima.



Menino de 9 anos põe brinquedo à venda para ajudar cão machucado

Mauco tem 9 anos e um coração grande. Após encontrar um cachorrinho machucado na rua, o menino decidiu que precisava fazer alguma coisa. Levou o bichinho para casa, mas, para poder pagar as despesas com veterinário, colocou seu brinquedo preferido à venda.

Para isso, usou a página de sua mãe no Facebook. No anúncio, o garoto dizia que o bichinho estava com a pata quebrada, que recebeu comida e banho, mas precisava de remédios.

“Vendo meu skate para pagar o veterinário. Se alguém estiver interessado, deixe o número que minha mãe telefonará”, dizia o texto, publicado no último dia 22.

Mauco sabia que não era boa a situação econômica da família, que mora em Guaymallén, Mendoza, Argentina.

A ajuda apareceu, sem que o garoto precisasse se desfazer do skate.

“Mauco sempre foi solidário. Ele tem um coração nobre”, afirma a mãe, Laura Jorge, ao Bom Pra Cachorro.

Laura diz que o cachorrinho está bem melhor e ficará em sua casa. “Rocco agora começa a reabilitação”, afirma.
 

Fonte: http://bompracachorro.blogfolha.uol.com.br/

UFRN abre concurso com duas vagas para cargo de Engenheiro/Neuroengenharia

Por TN Concursos

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas para o concurso público que vai selecionar dois técnicos-administrativos em educação, que atuarão como Engenheiros, na área de Neuroengenharia. De acordo com o EDITAL, a remuneração é de R$ 3.868,21, e uma carga horária semanal de 40 horas. É preciso ter diploma na área de Engenharia, além de registro profissional no respectivo conselho.

Os candidatos podem se inscrever no site www.comperve.ufrn.br, até o dia 26 de dezembro de 2016. A taxa de participação é R$ 80,00. A seleção será feita por meio de prova objetiva, com previsão de ser realizada no dia 05 de fevereiro de 2017, na cidade de Natal. Os candidatos também serão submetidos a uma prova prática e a uma análise de títulos.O concurso público é válido por um ano, sendo renovável pelo mesmo prazo.

Prêmio Hangar revisita a obra de Belchior em mais uma edição no Teatro Riachuelo

A 14ª Edição do Prêmio Hangar de Música acontece na próxima segunda, dia 05, a partir das 20h. O evento contará com o show “Vamos Cantar Belchior”, especialmente idealizado pelo produtor Marcelo Veni para homenagear esse importante nome da música brasileira. Com ingressos ao preço de R$ 30,00 (meia) para qualquer setor do Teatro Riachuelo a produção acredita que pela atual procura os mesmos deverão esgotar no fim de semana.

No palco serão 16 números musicais que irão mostrar 18 sucessos do cantor e compositor Belchior interpretados por vários artistas convidados. A direção musical é de Toni Gregório, guitarrista da banda Rosa de Pedra, que ganhou em 2015 a categoria ‘’Show do Ano’’ o diretor e dramaturgo Junior Dalberto faz a direção cênica, mas a edição desse ano focara nas musicas e nos blocos de premiações dos indicados.

Vozes conhecidas e expressivas da música potiguar vão reinventar alguns clássicos e propor novas sonoridades, outras seguirão um pouco da forma original e surpresas curiosas como uma versão com a rapper Pretta, do instinto grupo As Caboclas, outro momento curioso será o com os vocalistas Filipe e Daniel da banda Josefh Little Drop de punk rock, eles ainda concorrem a Revelação Musical do Ano.

Com informações da Assessoria de Imprensa

“Somos todos Moro” foi o hino de Durval Lelys no Carnatal

O cantor de Asa de Águia, Durval Lelys, aproveitou o Carnatal para mostrar sua admiração pelo juiz Sérgio Moro, que atua na Operação Lava Jato”. 

“Somos todos Moro, o Rei do Brasil”, foi o hino puxado por Durval Lelys no Bloco Me Abraça.
Por Heitor Gregório

velório do potiguar Gil acontece neste domingo

O velório do volante Gil, vítima do acidente que envolveu a delegação da Chapecoense, acontece neste domingo, no ginásio Giovanna de Azevedo Targino, em Nova Cruz. A chegada do corpo do jogador, após o adeus coletivo em Chapecó, está prevista para a madrugada, horas antes da cerimônia local.

Segundo o GLOBOESPORTE.COM, Depois de ser velado, Gil será sepultado no cemitério público da cidade, por volta das 16h. A cerimônia terá um período reservado para os familiares. Em seguida, será aberta ao público e um cortejo seguirá até o cemitério. Segundo a PM, uma equipe de 40 policiais estará no local para garantir o isolamento do ginásio e evitar incidentes.

Estreia e despedidas: axé domina a terceira noite do Carnatal 2016


Bell Marques se despediu do sábado de Carnatal com o Vumbora! (Foto: Augusto Gomes/G1)
Saulo Fernandes lança Ôbaiuno no corredor da folia e emociona os foliões.
Bell Marques e Durval Lelys se despedem em cima dos trios.
A terceira noite do Carnatal 2016 foi dominada pela axé music. Da "velha guarda" formada por Bell Marques, Durval Lelys e Ricardo Chaves, aos contemporâneos Saulo Fernandes e a dupla Rafa e Pipo Marques, da banda Oito7Nove4. A alegria se estendeu por mais de sete horas no percurso do corredor da folia e na Arena Carnatal. O sábado (3) começou com a despedida do bloco Vumbora!, sob os hits de Bell. Com um repertório comosto pelas músicas que fizeram sucesso nas décadas de 1980 a 1990, o cantor emocionou os fãs. Neste domingo, Bell se apresenta em um camarote temático e trará as canções do DVD "Fênix".
Durval Lelys também surgiu para a segunda e última aparição do bloco Me Abraça. Emocionado com o carinho do público potiguar, que voltou a festejá-lo pelo aniversário, mesclou um repertório romântico, cantando algumas músicas sertanejas, mas sem deixar de lado os sucessos do tempo em que liderou a Asa de Águia. Durante o percurso, Durval convidou o cantores Felipe Pezzoni, da Banda Eva, e Robson Morais, que foi vocalista da Banda Mel.
Durval Lelys convidou Felipe Pezzoni e Robson Morais para o bloco Me Abraça (Foto: Augusto Gomes/G1)

O terceiro bloco a sacudir a micareta foi o Bicho, que iniciou o trajeto com Ricardo Chaves no comando do bloco. Com letras marcantes para milhares de foliões, o cantor entrou na avenida mostrando que "o Bicho não é um bloco, mas um estado de espírito". A frase embala o público, que se envolve em uma atmosfera de alegria, ao som de hits como "Deitar e rolar", "Só você", "Olhe o gelo" e "O Bicho", que dá nome ao bloco que está há mais de 20 anos na micareta potiguar.
A novidade da noite foi a estreia do bloco Ôbaiuno, puxado pelo cantor Saulo Fernandes. O cantor, que não puxava um trio no Carnatal há cinco anos, ainda pelo antigo bloco Caju, agradeceu o carinho dos potiguares.
"Era uma saudade de cinco anos em puxar um trio aqui em Natal. Eu toquei na Arena Carnatal em 2014, foi super bacana, mas só eu sei o que é ficar de fora do Carnatal. É uma onda muito louca, porque é uma micareta muito importante para a gente. Mas aí rolou a moviumentação dos fãs, das pessoas que gostam do trabalho, me carregando pelos braços. Tocar em um dia com Durval, Bell e Ricardo é uma honra também", contou Saulo.
Saulo Fernandes cantou no chão e puxou o bloco Ôbaiuno no Carnatal 2016 (Foto: Divulgação/Carnatal)
Sobre o nome do bloco, escolhido pelos próprios foliões, Saulo conta que a produção do bloco organizou uma enquete e o nome surgiu nas redes sociais. Outra novidade do cantor é o lançamento do terceiro álbum solo, intitulado "O Azul e o Sol". A previsão é que seja lançado oficialmente em janeiro de 2017, mas cinco canções já estão disponíveis na internet.
"O bloco tem uma energia muito boa, a partir do momento que a galera escolheu o nome. É uma mistura de 'ôbaiê' com Baiuno, que é o nome do meu último trabalho. Eu amadureço a cada segundo, a cada trabalho, eu me transformo porque eu faço arte. Eu me sinto mais confiante e estar aqui no Carnatal é ainda mais instigante. A saudade do trio elétrico me faz sentir mais jovem. Vai chegando o verão, a gente vai ficando mais quente por dentro, e isso acaba sendo um ensaio para o carnaval. O terceiro álbum é 'O Azul e o Sol', que deve estar saindo em janeiro. Vou tocar algumas canções dele para já ir testando com o público", revelou.
Saulo Fernandes voltou a cantar em um trio no Carnatal depois de cinco anos (Foto: Augusto Gomes/G1)
Em 2015, o artista foi uma das atrações da Arena Carnatal e, por conta da imensa quantidade de pedidos dos fãs, a Destaque, empresa responsável pela organização do Carnatal, montou a estrutura para um novo bloco. Inspirado no álbum "Baiuno", a atração pareceu um arrastão de alegria pelo corredor da folia. Com o hit "Raiz de Todo Bem", eleita a melhor música do Carnaval do ano passado, Saulo não deixou ninguém parado. Com uma carreira autoral e em ascensão desde 2013, quando passou a se dedicar ao projeto solo, o artista vem acumulando sucessos e emocionando os fãs.
Na Arena Carnatal, a sensação do sábado foi a dupla Rafa e Pipo Marques, da banda Oito7Nove4. Com os hits "Se não puder voar", "Se você fosse um peixinho", a dupla apresentou o repertório do novo DVD, gravado em uma casa na Baía de Todos os Santos, na Bahia, que contou com as participações de Wesley Safadão e Jorge & Mateus.
Do G1 RN